Redação 96FM

Com informações da Codevasf

O investimento para a universalização do acesso à água, efetivado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Paranaíba (Codevasf), já beneficiaram quase dois milhões de pessoas em áreas rurais do semiárido no País. A iniciativa já recebeu mais de R$ 1,1 bilhão em recursos do Governo Federal.

Com o objetivo de proporcionar maior qualidade de vida para as famílias com dificuldade de acesso à água, a ação é voltada tanto para o consumo humano, como pra produção agrícola e alimentar.

Segundo a Codevasf, cerca de 185 mil cisternas já foram instaladas. Cada uma delas possui capacidade para armazenar até 16 mil litros de água e abastecer uma família de cinco pessoas por períodos de estiagem de até seis meses.

Ao menos 740 mil pessoas foram atendidas por essa ação. No total, esses reservatórios têm potencial para acumular um volume de 2,9 milhões de m³ de água por ano, provendo o consumo, preparo de alimentos e pequenas atividades domésticas

Além disso, a Codevasf já instalou, até o momento, 1.737 poços emergenciais em localidades de sua área de atuação. Cada poço instalado tem, em média, capacidade de produção de 8,7 milhões litros de água por dia, de forma a atender cerca de 300 famílias. Nesse contexto, a Companhia já beneficiou diretamente mais de 272 mil famílias.

A Codevasf também adota a tecnologia de sistemas simplificados para proporcionar oferta de água à população severamente atingida pela seca. Tal tecnologia envolve a construção de uma estação de captação do recurso natural, adutoras de água bruta e tratada, estação de tratamento, implantação de redes de distribuição, reservatórios e ligações domiciliares. De acordo com a companhia, já foram concluídos 41 sistemas, beneficiando 12,3 mil famílias e representando um volume de produção anual de 1,4 milhão de m³ de água.

Outra opção adotada com o objetivo de proporcionar acesso à água para a produção agrícola foi a dos kits de irrigação familiar.

Dois mil kits foram disponibilizados com capacidade para irrigar uma área de 500 m², cada. Essas estruturas funcionam por meio do sistema de gotejamento localizado – considerado um dos mais eficientes em termos de economia de água para a irrigação de plantas. Em alguns casos, é dispensada a necessidade de bombeamento. A distribuição desses kits visa também ao fortalecimento da agricultura familiar.

Deixe uma resposta