Foi lançada na quarta-feira (1º) pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil a Campanha da Fraternidade deste ano, com o tema “biomas brasileiros e defesa da vida”. A campanha traz o lema “Cultivar e guardar a criação”, com o objetivo de promover uma reflexão sobre o meio ambiente e sugerir uma visão global das expressões da vida.

Criada em 1962, a Campanha da Fraternidade é lançada todo ano na quarta-feira de cinzas, quando tem início a Quaresma, período de 40 dias no qual a Igreja Católica convida os fiéis a praticar a oração, o jejum e a esmola. A ação vai até o domingo de Ramos, no dia 9 de abril.

O arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, disse que a campanha pretende ampliar o debate para outros setores da sociedade. “A campanha vai se estender pela Quaresma, internamente na igreja e também para fora. Queremos que toda sociedade, universidades, meios de comunicação, poder público e legislativo se interessem e procurem ver o que podemos fazer para criar melhores condições de vida no solo brasileiro”, afirmou.

De acordo com a CNBB, entre as ações da campanha, estão o aprofundamento de estudos, debates, seminários e celebrações nas escolas públicas e privadas sobre a temática.

Veja reportagem no G1

Leave a Reply